“Acessibilidade Digital em Ação” contará com intérprete de Libras e audiodescrição

Fachada dez17 02

Descrição da imagem #PraCegoVer: fachada da Câmara de Suzano, com bandeiras hasteadas na lateral direita e céu azul ao fundo. Foto: Ricardo Bittner 

 

O evento “Acessibilidade Digital em Ação”, que será realizado na Câmara de Suzano nesta quinta-feira (14), às 10 horas, contará com intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e audiodescrição. A atividade é gratuita e aberta a todos os interessados.

Realizado em parceira com a Prefeitura de Suzano, por meio do Fundo Social de Solidariedade, o evento tem o objetivo de discutir uma internet acessível para todas as pessoas, fazendo com que portais na internet possibilitem a visita e interação de idosos, daltônicos e pessoas com deficiência. A presença de um intérprete de Libras no Plenário permitirá que pessoas com deficiência auditiva acompanhem o evento. Já o profissional em audiodescrição fará a narração adicional do evento para pessoas com deficiência visual.

O “Acessibilidade Digital em Ação” terá a presença de especialistas no assunto, que falarão sobre a importância do desenvolvimento de sites com semântica e códigos que permitam o acesso, as leis existentes no país para garantir esse direito e depoimentos sobre as barreiras encontradas pelas pessoas com deficiência. Dados informam que atualmente há mais de 45 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência e que apenas 2% dos sites nacionais são acessíveis.

A programação completa está disponível no site do Legislativo suzanense: www.camarasuzano.sp.gov.br.

Pioneirismo

O portal da Câmara de Suzano já conta com acessibilidade digital. Como principais pontos de destaque da página, estão uma barra acessível que disponibiliza opções como alto contraste, para pessoas com daltonismo; aumento e diminuição de fontes, para pessoas com problemas visuais; acesso das informações por teclado, para pessoas com restrições motoras; e descrição de imagens, para deficientes visuais.

Esse pioneirismo fez com que o portal fosse apresentado como “caso de sucesso” e conquistasse o Selo de Acessibilidade Digital da Prefeitura de São Paulo, concedido no mês passado pela administração da Capital, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa Com Deficiência (SMPED). A Casa de Leis suzanense foi o primeiro órgão público do Brasil, fora do município de São Paulo, a contar com esta certificação de acessibilidade na web no país.

O Legislativo de Suzano também foi o primeiro do Alto Tietê a adotar padrões de acessibilidade para deficientes visuais em suas redes sociais, em meados do ano passado, com a descrição da fotografia e o uso da hastag #PraCegoVer na página oficial da Casa de Leis no  Facebook e no site.

Em 2016, a Câmara de Suzano foi finalista na quarta edição do Todos@Web – Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web, na categoria “Projetos Web Governamentais”. A responsável pelo desenvolvimento do layout e atualização do site é a web designer Taiane Fernandes.