Deputado Major Olímpio garante emendas para Suzano e cobra reconhecimento “digno” de governador à policial que evitou assalto em escola

Visita Major Olimpio Gerice 14-5-18 005 - Ricardo Bittner

Descrição da Imagem: #PraCegoVer: Vereadora Gerice Lione (PR) e deputado federal Major Olímpio. Todos em pé.

Foto: Ricardo Bittner

Em visita à Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, o deputado federal Sérgio Olímpio Gomes (PSL), o major Olímpio, garantiu estudar a possibilidade de enviar, ainda neste ano, emendas para o município e aproveitou para revelar que cobrou do governador de São Paulo, Márcio França (PSB), um reconhecimento “digno” à policial militar Kátia da Silva Sastre.

A vereadora Gerice Lione (PR), a esposa do Prefeito da Academia, participou da reunião que contou com a presença do assessor especial da Secretaria de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos.

O deputado explicou que fez questão de visitar Suzano para reiterar seu apoio ao município. Na ocasião, ele parabenizou a administração municipal pela decisão de conceder armas aos guardas municipais. “Fico muito feliz com essa atitude do Executivo. O governo precisa dar condição ao agente público da Segurança de proteger a população e de proteger também”, argumentou. A vereadora Gerice, que é presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara, aproveitou a oportunidade e solicitou uma emenda do deputado à GCM. O major Olímpio se comprometeu a dar prioridade ao pedido de Gerice. “Vamos fazer o possível para enviar, ainda neste ano, uma emenda para a aquisição de 19 armas e uma viatura”, revelou.

Reconhecimento

O deputado federal comentou o caso da policial militar que após reagir a uma tentativa de assalto, atirou e matou um ladrão em frente à escola da filha, em Suzano, no último sábado (12). Ele falou que “desafiou” o governador Márcio França a conceder à cabo um reconhecimento digno. Isto porque, ontem (13), França foi até o batalhão da PM, na Zona Leste de São Paulo, para entregar flores à policial. “Ela não precisa de flores. Precisa de um reconhecimento digno”, disse. “O governador tem, através de um mecanismo, de promover esta policial por bravura. Fazer o que ele fez é oportunismo barato. Ela merece ser promovida”, opinou. “Ele foi quatro anos vice-governador e nunca foi em um velório de um policial. Agora, ele quer fazer tudo. Eu vou cobrar essa promoção e a proteção dela até o fim”, garantiu.

 

Em relação às pessoas que estão criticando a atitude da policial, o deputado é direto: “Se alguém tem que virar viúva, que seja a esposa do ladrão e não a de um policial”, argumentou.