Câmara aprova por unanimidade projeto de reestruturação administrativa

4 de janeiro de 2017


Nova mesa diretiva da Câmara durante sessão extraordinária desta quarta (4). Foto: Ricardo Bittner

Nova mesa diretiva da Câmara durante sessão extraordinária desta quarta (4).
Foto: Ricardo Bittner

 

Na primeira sessão extraordinária do ano, a Câmara de Suzano aprovou na manhã de hoje (4) o projeto de lei nº001/17, que trata sobre a reestruturação administrativa da prefeitura. A sessão foi comandada pelo presidente do Legislativo, José Izaqueu Rangel (PSDB), o Zaqueu Rangel.

O inicio da sessão foi marcado com a posse do suplente de vereador Edmilson Tavares de Assis, o Edmilson Pau no Gato (PDT). Ele substitui José Alves Pinheiro Neto, o Netinho do Sindicato (PDT), que tomou posse na sessão do dia 1º de janeiro, mas deixou o cargo para comandar a Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana.

O primeiro suplente de Netinho do Sindicato é o ex-vereador Ari Serafim Barbosa (PC do B), o Ari do Posto. Porém, como ele assumiu a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, a vaga na Câmara ficou com o segundo suplente, que é Edmilson Pau no Gato.

Suplente Edmilson Pau no Gato durante juramento de posse realizado na sessão extraordinária desta quarta (4). Foto: Ricardo Bittner

Suplente Edmilson Pau no Gato durante juramento de posse realizado na sessão extraordinária desta quarta (4).
Foto: Ricardo Bittner

 

Após isso, houve a votação do projeto que dispõe sobre a estrutura organizacional da administração pública, define atribuições e competências dos órgãos da administração direta. Com a aprovação do projeto, a prefeitura prevê uma economia de R$ 121.500,00 por mês com as funções gratificadas e uma redução de R$ 1.578,00 mensais com a reestruturação dos cargos de agentes políticos e em comissão. A propositura ainda define as atribuições dos órgãos da administração municipal, o projeto de Lei altera os nomes de algumas secretarias e unifica outras.

 

Ficam incorporadas, de acordo com a propositura, as secretarias de Planejamento e Gestão Financeira e da Fazenda na Secretaria de Planejamento e Finanças; as de Desenvolvimento Econômico e de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego; as secretarias de Obras e Infraestrutura e de Assuntos Urbanos na Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação; e a Secretaria de Planejamento e Governo Comunitário à Secretaria de Governo.

 

O projeto de Lei ainda cria a Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos e do Gabinete do vice-prefeito, que, assim como o Gabinete do Prefeito, são órgãos de suporte imediato ao prefeito.

 

Vereadores da mesa diretiva durante a sessão extraordinária desta quarta (4). Foto: Ricardo Bittner

Vereadores da mesa diretiva durante a sessão extraordinária desta quarta (4).
Foto: Ricardo Bittner