Câmara de Suzano aprova oito itens

9 de maio de 2024


Descrição da imagem #PraCegoVer: vereadores sentados atrás de suas mesas no Plenário da Câmara. Atrás deles, está o público na Galeria.

Foto: Ricardo Bittner

A Câmara de Suzano aprovou oito itens na sessão ordinária de ontem (8). A atividade foi comandada pelo vice-presidente da Casa de Leis, Marcio Alexandre de Souza, o Marcio Malt (PL).

De autoria da Mesa Diretiva, foi aprovado o projeto de resolução que dispõe sobre o Plano de Classificação e a Tabela de Temporalidade de Documentos da Câmara de Suzano.

Duas moções de aplauso foram aprovadas. Uma, de autoria do vereador Edirlei Junio Reis (PL), o professor Edirlei, que parabeniza o pastor José Iran Alves Ferreira pelos relevantes serviços realizados ao município como professor de Educação Básica do Estado desde 2006, “levando os princípios éticos e morais, preservando a família tradicional”.

A segunda moção é de autoria do vereador André Marcos de Abreu (PSD), o Pacola, destinada à doutora Carla Fabiana Pinheiro, médica generalista que atende atualmente na Unidade de Saúde da Família Onésia Benedita Miguel no bairro Jardim Suzanópolis, pelos relevantes serviços prestados aos munícipes.

Da vereadora Gerice Lione (PODE), duas proposituras foram aprovadas. A primeira é o projeto de lei que declara de utilidade pública municipal a Associação Comunitária Educacional Cícera Tereza dos Santos (ACECTS). Já a segunda é o projeto de lei complementar que acrescenta o § 3º ao artigo 13 da lei complementar nº 296/2016.

Os vereadores aprovaram ainda três projetos de decretos legislativos. O que dispõe sobre a concessão do Título de Empresa Cidadã do Município de Suzano a Opção Store Comercio Varejista de Roupas e Acessórios, de autoria do vereador Pedro Ishi (PL); e dois que têm autoria do vereador Artur Takayama (PL): o que concede o Título de Cidadã Suzanense a Daniela Itice Ferreira e o que concede o Título de Cidadão Suzanense a Altair José de Aguiar Perez Prado.