Câmara de Suzano vota projeto de lei sobre uso racional de medicamentos

22 de agosto de 2023


Descrição da imagem #PraCegoVer: vereador Jaime Siunte fala ao microfone na Tribuna da Câmara. Ele usa óculos e camisa social azul.

Foto: Ricardo Bittner

Na sessão ordinária de amanhã (23), com início às 18 horas, os vereadores de Suzano irão discutir e votar o projeto de lei que institui a Semana Municipal no Uso Racional de Medicamentos. A propositura é de autoria do vereador Jaime Siunte (PSDB).

O projeto coloca o dia 5 de maio como a data para conscientizar a população sobre os riscos da automedicação e a importância do uso racional de medicamentos, com a realização de palestras, estudos, debates, eventos e atividades.

Jaime Siunte explica, na justificativa da propositura, que busca atender a um pedido de farmacêuticos da cidade. “O uso racional de medicamentos existe quando pacientes recebem medicamentos apropriados para suas condições clínicas, em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a comunidade”, diz.

De acordo com os dados apresentados pelo parlamentar no documento, pelo menos 35% dos medicamentos adquiridos no Brasil são comprados por automedicação. Os remédios também são responsáveis por 27% das intoxicações no país, e 16% das mortes por intoxicação são causadas por medicamentos.

“A prática da automedicação tem preocupado autoridades sanitárias em todo o mundo”, afirma Siunte. “É preciso avançar na conscientização da população quanto aos reais riscos do consumo de medicamentos fora das indicações e posologias aprovadas no registro.”

Dia do Maçom

Também amanhã (23), a partir das 19 horas, a Câmara de Suzano terá uma sessão solene em homenagem ao Dia do Maçom.

O evento tem o objetivo de homenagear as lojas maçônicas existentes no município, nas pessoas dos respectivos veneráveis mestres. São eles: José Geraldo de Melo Junior (Loja Maçônica 31 de março II), Edmir Pereira Vidal (Loja Maçônica 2 de abril), Luiz Carlos de Arruda Botelho (Loja Maçônica Campos de Mirambava), Agnaldo Muller de Oliveira (Loja Maçônica Luz e Caridade), Hisnaldo Mesquita da Silva (Loja Maçônica Honra, Dignidade e Soberania), Samuel Alexandre de Oliveira (Loja Maçônica Guardiões da Virtude) e Falkner Esdras Mazola (Loja Maçônica Jean Baptiste Willermoz).

O Dia do Maçom foi instituído no calendário de eventos de Suzano pela lei municipal 3.328/1999, por iniciativa do então vereador Edmir Pereira Vidal.

As sessões ordinária e solene são realizadas no Plenário do Palácio Deputado José de Souza Candido (rua dos Três Poderes, 65, Jardim Paulista) e são abertas ao público. Também podem ser acompanhadas ao vivo, de forma online, pelo canal TV Câmara Suzano no YouTube (www.youtube.com/TVCâmaraDeSuzano) e pela página da Casa de Leis no Facebook (www.facebook.com/camarasuzano).