Câmara entrega medalha e honrarias em sessão solene em homenagem a mulheres

25 de março de 2024


Descrição da imagem #PraCegoVer: de pé, no Plenário da Câmara, homenageadas seguram as honrarias recebidas noa sessão solene. Acima delas, na Mesa Diretiva, também estão de pé os vereadores e demais autoridades presentes no evento.

Foto: Ricardo Bittner

A Câmara de Suzano realizou na noite de sexta-feira (22) uma sessão solene em homenagem às mulheres. Foi entregue a Medalha Vereadora Augustinha Raphaela Maida Molteni à coordenadora da região central do Lian Gong, Sônia Matsumura Kudeken, além de honrarias a 12 participantes do Projeto Fazendo História na Cidade de Suzano, vinculado ao Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe). Autor das homenagens, o presidente do Legislativo, Joaquim Rosa (PL), conduziu o evento.

A sessão solene também contou com a presença dos vereadores Artur Takayama (PL); Gerice Lione (PL); e Nelson dos Santos (PL), o Nelson do Fadul.

Após a apresentação de um vídeo com depoimentos de coordenadoras do Lian Gong, que falaram dos benefícios que a prática trouxe à saúde física e mental e à socialização delas, Joaquim Rosa destacou que a atividade de origem oriental é oferecida à população de Suzano em diversos pontos da cidade, de forma gratuita. “Pelos depoimentos emocionados e entusiasmados exibidos esta noite, é notório ver os benefícios extraordinários que o Lian Gong traz ao corpo e à mente”, afirmou.

O parlamentar também disse que Sônia Matsumura Kudeken recebeu a medalha como representante das coordenadoras e monitoras da atividade no município. “As mulheres são as protagonistas no Lian Gong, seja como coordenadoras, seja como monitoras ou como praticantes. Esta é uma homenagem a todas elas, por toda dedicação e sabedoria com que acolhem e conduzem este projeto tão importante da nossa cidade.”

A homenageada dedicou a medalha recebida a todas as mulheres do Lian Gong de Suzano, que ela afirmou serem 99% dos participantes da prática nos polos do município. “Vocês estão engajadas neste projeto de qualidade de vida que já está há 26 anos na cidade, ao mesmo tempo que cada uma escreve sua história dentro do Lian Gong”, disse.

Mulheres Fazendo História

Também foi exibido durante a sessão solene um vídeo com as homenageadas do Projeto Mulheres Fazendo História, que falaram sobre os inúmeros desafios e cobranças que as mulheres ainda sofrem na sociedade. Pelo trabalho que desenvolvem, elas receberam este ano uma moção de aplauso de Joaquim Rosa.

As homenageadas foram: Elisandra Ferreira de Araújo Rodrigues (saúde), Simone Silva de Lima (comunidade), Cristiane Gomes Fernandes (comunidade), Jéssica Carneiro Raimundo (voluntariado), Elzilene Cruz de Souza (voluntariado), Graziella Porfírio (inclusão social), Sílvia Rangel (Direito), Jaqueline de Lima Ferreira (segurança – Patrulha Maria da Penha), Maria Gilcelia Ferreira (segurança – Patrulha Maria da Penha) e Maria Aparecida Alves de Almeida (segurança – Patrulha Maria da Penha), além da coordenadora do projeto, Sandra Lopes Nogueira, e a presidente do Saspe e do Fundo Social de Solidariedade, Larissa Ashiuchi.

Joaquim Rosa disse que o projeto é parte do curso Promotoras Legais Populares, que existe há mais de dez anos e já se tornou uma tradição no município. “Uma tradição que busca valorizar e empoderar mulheres, dando a elas o acesso a informações de cidadania.”

Larissa Ashiuchi, que falou em nome da Prefeitura no evento, lembrou que as homenageadas do projeto foram escolhidas por voto popular. Ela ressaltou que a luta das mulheres é diária. “Se não fossem mulheres lá no passado que tivessem lutado por nós, nós não estaríamos hoje aqui. Então temos que agradecê-las e continuar a nossa luta”, afirmou. “Nossa busca é pela igualdade. Queremos estar lado a lado e merecemos isso. Continuem com essa garra e determinação; cuidando das pessoas e dando as mãos umas às outras para transformar a sociedade”, completou.

Representando as homenageadas do Projeto Mulheres Fazendo História, Graziella Porfírio falou na Tribuna que a sociedade suzanense tem em seu DNA muitas mulheres que merecem ser homenageadas e que hoje são representadas por elas. “Receber da sociedade essa honraria nos dá a certeza que estamos no caminho certo. Daqui para frente, aumenta ainda mais a nossa responsabilidade em poder seguir contribuindo com uma sociedade mais justa, fraterna e igual, de cabeça erguida”, disse.

A comandante da Guarda Civil Municipal, Tatiana Orita Gonçales de Morais, também fez parte da mesa de autoridades do evento.

Vídeo

O vídeo completo da sessão solene está disponível no canal TV Câmara Suzano no YouTube (www.youtube.com/TVCâmaraDeSuzano) e na página da Casa de Leis no Facebook (www.facebook.com/camarasuzano).