GCM de Suzano será armada com fuzis

13 de junho de 2023


Descrição da imagem #PraCegoVer: sentados em suas cadeiras na Mesa Diretiva da Câmara, estão, da esquerda para a direita, o diretor da Defesa Civil, Antônio Wenzler; a vereadora Gerice Lione (ao microfone); e o secretário de Segurança Cidadã, Afrânio Evaristo da Silva.

Foto: Ricardo Bittner

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano será armada com fuzis. A Secretaria de Segurança Cidadã já adquiriu os armamentos e 20 agentes foram selecionados para utilizar os equipamentos.

Os fuzis e as munições foram comprados pela administração municipal por uma emenda impositiva da vereadora Gerice Lione (PL), a esposa do Prefeito da Academia, enviada à pasta no ano passado. Essas informações foram divulgadas ontem (12), durante audiência de prestação de contas da Secretaria de Segurança Cidadã, realizada pela Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara de Suzano, presidida pela parlamentar.

O chefe da pasta, Afrânio Evaristo da Silva, ressaltou que os agentes farão ainda um curso de habilitação para uso urbano dos armamentos.

Dados

Segundo dados apresentados ontem, no primeiro quadrimestre deste ano, a Operação Saturação (ação realizada pela GCM com a Polícia Militar para patrulhamento em diversos pontos da cidade durante a noite e madrugada em busca de bares e casas de festas irregulares) vistoriou 90 estabelecimentos. Deste total, 21 foram orientados sobre a legislação pertinente, seis receberam autos de infração e dois foram fechados definitivamente.

Sobre a segurança nas escolas, assunto que foi muito debatido na Casa de Leis no começo do ano, a GCM reforçou os trabalhos feitos nas unidades escolares. De acordo com o secretário, entre janeiro e abril de 2023, foram realizadas 746 rondas. Além disso, a GCM intensificou o patrulhamento nas imediações das escolas.

Silva afirmou que há mais de 1.250 câmeras instaladas nas unidades escolares de toda a cidade. Também foram apresentados os números de atuações da Patrulha Maria da Penha e da equipe da Defesa Civil, que segundo o secretário, “é exemplo para todas as cidades de São Paulo”.

Além de Gerice Lione, participaram da audiência os vereadores Lazario Nazaré Pedro (Republicanos), o Lázaro de Jesus; Artur Takayama (PL); Jaime Siunte (PSDB); e Marcel Pereira da Silva (PTB), o Marcel da ONG.