Padre Jonas recebe Medalha Suzano Brandão

26 de junho de 2023


Descrição da imagem #PraCegoVer: da esquerda para a direita, de pé, no Plenário da Câmara, estão o vereador Joaquim Rosa, segurando uma placa; padre Jonas, segurando a Medalha recebida, e a mãe do homenageado, Maria das Dores Cunha da Silva, com um vaso de orquídeas nas mãos.

Foto: Ricardo Bittner

A Câmara de Suzano realizou na última sexta-feira (23) uma sessão solene para a entrega da Medalha Suzano Brandão ao padre Jonas Cunha da Silva. A homenagem é de autoria do vereador Joaquim Rosa (PL).

A solenidade contou com a participação dos vereadores Artur Takayama (PL); Marcel Pereira da Silva (PTB), o Marcel da ONG; e Lazario Nazaré Pedro (Republicanos), o Lázaro de Jesus. O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), e a primeira-dama da cidade, Larissa Ashiuchi, também estiveram presentes. Assim como o secretário de Governo, Alex Santos; o procurar de Justiça Thales Cezar de Oliveira; o delegado Lourival Zacarias de Noronha; a coordenadora do curso de Direito da UniPiaget, Solange Tomiyama; e a presidente da Comissão da Mulher Advogada, Maria Margarida Mesquita. Além de familiares e amigos do homenageado.

Em seu discurso, Joaquim Rosa enalteceu o trabalho realizado pelo padre para aumentar a participação dos jovens nas atividades da igreja. “Jovem entre os jovens, padre Jonas sempre se destacou por incentivar a juventude da paróquia Santa Helena a participar das celebrações religiosas e de ações sociais. Esta conquista de novos fiéis e de novos voluntários reverberou por toda região do Alto Tietê e é essencial para despertar a fé católica e o altruísmo entre as pessoas”, disse.

Ashiuchi argumentou que todas as ações do padre são feitas com amor. “Um amor que transborda a porta da igreja, as paredes da igreja e contagiam o bairro Parque Maria Helena e a nossa cidade, Suzano. Em pouco tempo, padre Jonas, você colecionou por onde você passou uma legião de amigos e amigas”, comentou.

Padre Jonas, em seu discurso, lembrou que a trajetória para se tornar padre não foi fácil. “Todo mundo acha que é fácil ser padre, não é? Mas não é fácil. Chegar a ser padre é mais difícil ainda, porque é um caminho de lutas, de tristeza, de solidão muitas vezes. São tantas questões e, com apoio de amigos, a vida fica mais fácil”, afirmou. “Que bom estar em Suzano e fazer um trabalho pela sociedade, na igreja, no parque Maria Helena. Por onde eu vou passando, vou juntando amigos para que sejam amigos dos outros amigos e de Deus também. Essa é a grande diferença. É isso que eu tento fazer aqui em Suzano e espero continuar fazendo”, finalizou.

Biografia

Padre Jonas nasceu em Suzano e passou a infância e a adolescência em Itaquaquecetuba. Entrou em 2011 para o Seminário Diocesano Sagrado Coração de Jesus, instituição religiosa que forma sacerdotes católicos para o Alto Tietê. Também cursou as faculdades de Filosofia e Teologia na Faculdade Paulo VI, em Mogi das Cruzes.

Trabalhou como seminarista em paróquias de Mogi das Cruzes, Salesópolis, Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba. No final de 2019, foi ordenado diácono e foi designado a trabalhar com o bispo diocesano Dom Pedro Luiz Stringhini como secretário do bispado.

Há três anos, foi ordenado sacerdote e passou a atuar como vigário paroquial em Itaquaquecetuba. Ainda em 2020, concluiu uma pós-graduação em História das Religiões pela Universidade Cruzeiro do Sul e foi nomeado assessor para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso da Igreja Católica na região.

Vídeos

As atividades da Casa de Leis que são realizadas no Plenário são transmitidas em tempo real e ficam gravadas, podendo ser acessadas a qualquer momento no canal TV Câmara Suzano no YouTube (www.youtube.com/TVCâmaraDeSuzano).